Digitalização e Tratamento da Filmoteca Ultramarina Portuguesa – DigiT FUP
Imagem Digital na dupla função de transferência de suporte e restauro documental

Pesquisa Científica na área da conservação e restauro

Com o levantamento e caracterização do estado de conservação, concluiu-se que a parte da coleção em estado considerado irrecuperável correspondia a uma marca comercial de microfilmes: a marca PERUTZ.

Através de métodos de exame e análise, foi possível contribuir para a caracterização material dos filmes e indentifcação dos fenómenos de deterioração da película PERUTZ. A medição da acidez permitiu relacionar a acidificação com o grau de encurvamento dos filmes, tendo-se concluído que quanto mais enrolado se encontra o filme, mais ácido acético está aprisionado na matriz polimérica. Contrariando o que tem sido descrito na literatura, conclui-se que estes filmes, de 35mm, possuem apenas duas camadas: a da emulsão em gelatina e a do suporte em acetato de celulose.

Após uma pesquisa aprofundada, como resolução ao problema do encurvamento e enrolamento dos microfilmes, foi explorado um método de tratamento aplicado aos filmes da área do cinema: o deshrinking. Este tratamento, em câmara fechada, com recurso a vapores de uma mistura de solventes, permitiu o seu relaxamento e, consequentemente,

o desenrolamento do filme. Ao contrário do descrito na literatura, foi possível planificar de forma prolongada os microfilmes, através da aplicação de técnicas de planificação e secagem controlada, melhorando a eficácia da técnica e recuperando e preservando para o futuro, não apenas a imagem, mas também o objeto material. Este trabalho resultou na tese de mestrado da aluna Sandra Lopes da FCT/UNL, disponível em breve.

Pesquisa científica na área do restauro digital

Com vista a melhorar a legibilidade da informação contida nos flmes mais deteriorados recorreu-se a técnicas de restauro digital. Esta abordagem permitiu o melhoramento da leitura de algumas das imagens a serem disponibilizadas no ACTD, através da aplicação do filtro de Gabor (conjunto de funções Gaussianas moduladas por funções sinusoidais complexas, bidimensionais), procedimento realizado pelo bolseiro João Ferreira. No entanto, nos casos mais complicados, com trespasse de texto para o verso da página e texto desvanecido, o processo fotográfico com captura HDR (High Dynamic Range, ou seja, Alto Alcance Dinâmico) provou ser o mais adequado.